3 Perguntas para… Linda!

Olá!
No post de hoje vamos conhecer um pouco mais a personagem central do meu romance cômico JOGO DE AMOR EM ELEONOR, disponível em EBOOK NO KINDLE.

dreamcastjogodeamoremeleonor

 

Linda é uma heroína jovem, universitária determinada com talento para jornalismo e amores impossíveis. Ela conta com um grupo inusitado de amigos que a ajudam a transformar a experiência universitária em muito mais do que aulas, trabalhos e boas notas.

Conheça mais um pouco sobre ela, descobrindo suas respostas para essas três simples perguntas. O que será que ela vai dizer?

  • Identidade: Linda tem 18 anos, acaba de entrar para uma das universidades mais disputadas do país, e está determinada a ser a melhor aluna que pode ser. O curso de Jornalismo é sua paixão, e ela devota todas as suas energias a ele. Linda começa o curso um tanto quanto tímida, mas logo descobre os prazeres de um bom grupo de amigos que somente o ambiente universitário pode oferecer. É organizada e talentosa, mas quando um certo par de olhos castanhos decide se fazer notar, há grandes chances de que a timidez de Linda se torne coisa do passado. 

Entrevistadora: Linda, está pronta para 3 simples perguntinhas?

Linda: Contanto que seja coisa rápida. Tenho uma matéria para o site da universidade que preciso terminar.

E: Tudo bem. Vamos lá. Me conte um pouco sobre sua relação com os estudos, o que pretende fazer da vida quando se formar?

L: Levo meus estudo muito á sério, tanto que consegui passar pelo primeiro ano de universidade sem fazer ao menos um amigo sequer. Não que eu esteja me gabando, não acho que isso seja uma coisa boa, e fico feliz que esse quadro tenha sido revertido. Mas isso mostra o quanto eu estava (e continuo) focada nos estudos, assim como eu e minha mãe planejamos durante toda minha vida.

Quero muito me formar e poder trabalhar com jornalismo no mundo real, de preferência num lugar onde possa sentir  cheiro do mar, e dormir com o barulho das ondas.

E: Parece ótimo, espero que consiga chegar lá. O que você acha que vai sentir daqui a dez anos, quando pensar nos seus anos de universitária? Do que vai se lembrar com mais carinho?

L: Essa é fácil. Apesar de amar meu curso, minhas aulas e professores, e de ter muito prazer em escrever para o site da universidade, com certeza terei mais saudades do tempo que passei com meus amigos.

Somos um grupo divertido, e muito unido. É verdade que passamos por altos e baixos, assim como todo mundo, mas saímos do outro lado mais fortes do que quando entramos.

Helena e Marisa são, junto com minha mãe, as mulheres mais importantes da minha vida. Dividimos tudo, e não há segredos entre nós. Nos ajudamos como podemos, e vou sentir muita falta de passar horas conversando no meu alojamento, ou na praça central do campus, ou mesmo na república onde Marisa mora.

E quanto aos garotos, Rio é pura alegria, e sentirei falta de seu sotaque carregado de garoto inglês, e seus abraços apertados. Arrisco dizer que após alguns anos de universidade, Rio se tornou mais brasileiro que muitos de nós. E quanto a Davi, bem… Não sei expressar o quanto sentirei falta dele quando deixarmos a universidade. Ainda não sei bem quais são seu planos, mas garanto que serão incríveis, ele tem muito talento e potencial.

E: Até onde eu sei a amizade entre você e Davi ultrapassa os limites das amizades comuns. Vocês se consideram como mais do que amigos? Talvez até mesmo namorados?

L: (Risada triste) Não, eu não diria isso. Temos uma relação muito delicada, é verdade. Na maioria do tempo agimos como bons amigos, ele é muito fácil de se conviver. Mas confesso, há aqueles momentos em que cruzamos a linha, e parece que realmente poderíamos nos tornar muito mais. Mas não gosto de ter esperanças, pois Davi foi muito honesto comigo desde o começo. Ele não está pronto para ter uma namorada, e penso que quando ele finalmente estiver, não vou estar mais por perto para relembra-lo do que sentimos quando nos tocamos, quando suas mãos brincam de sentir minha pele, quando sua boca… Enfim. Só sei que sentirei muitas saudades quando nosso tempo acabar, por isso procuro não pensar muito no assunto. Ao menos posso dizer que o que sinto é real, mesmo que o sinta sozinha.

E: Uau. Muito obrigada pela sinceridade Linda. Posso arriscar um pequeno palpite? 

L: Claro.

E: Não desista ainda. Há algo de muito especial entre vocês. Dê tempo ao tempo, e acho que as coisas podem começar a se encaixar.

POST-FB-JOGO-DE-AMOR-EM-ELEONOR

 


Se você quer conhecer esse romance, clique AQUI e leia os primeiros capítulos DE GRAÇA!

E para adquirir sua cópia digital, basta CLICAR AQUI!

fb promo jogo

Obrigada pela companhia, e até logo!

XO, Ana.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s