Resenha | Outro Dia

Olá!

Esse post faz parte das minhas LEITURAS DE AGOSTO 2018.

Processed with VSCO with c1 preset

Continue lendo para conferir a RESENHA COMPLETA!


OUTRO DIA – David Levithan

Título original: ANOTHER DAY, 2015.
Versão lida: Em INGLÊS, versão E-BOOK no Kindle, Editora ELECTRIC MONKEY, 2015.

O autor

david-levithanDavid Levithan já ganhou destaque por aqui num post dedicado a todos os seus livros. Confira o post CONJUNTO DA OBRA para saber tudo sobre ele.

O livro

A marcante história de TODO DIA, agora sob a perspectiva de Rhiannon.

Para colocar essa resenha em total perspectiva e contexto, é necessário que você tenha conhecimento da resenha que fiz do livro TODO DIA (é só clicar no link). Nas palavras do autor, David Levithan, os dois romances são livros irmãos, que caminham não como sequência, mas lado a lado, contando a mesma história mas de pontos de vista diferentes.

Não é uma ideia original. Outros autores já se dedicaram a reescrever a mesma trama, apenas a contando do ponto de vista de um personagem diferente. A própria TRILOGIA 50 TONS ganhou o seu “romance irmão”, que confesso nunca tive a curiosidade de ler. (Nunca li o romance irmão, mas a trilogia original não apenas li como já a analisei por aqui no post LIVRO X FILME TRILOGIA 50 TONS.)

Antes de analisar OUTRO DIA como uma obra separada, vamos relembrar os detalhes mais importantes sobre a história que guiam os acontecimentos.

“A” é o personagem central de TODO DIA, e trata-se de uma pessoa, um indivíduo que não possui um corpo fixo, e acorda todos os dias como habitante no corpo de uma pessoa de sua idade, 16, independentemente do sexo, cor, situação social, etc. A vive aquele dia navegando o mundo na rotina daquela pessoa, e no dia seguinte está num corpo novo, guiando uma nova rotina e tentando respeitar ao máximo a realidade do dono do corpo, que voltará a sua vida normal no dia seguinte. Até que ele conhece Rhiannon. 

Em TODO DIA, a história é contada através dos olhos de A, e em minha RESENHA destaquei com detalhes os motivos pelos quais o livro é não apenas original, mas extremamente imaginativo e maduro. E também cheguei a mencionar tanto que já sabia da existência de OUTRO DIA como sendo o livro irmão, quanto como achava que a trama original deixava muito espaço para uma sequência, a qual eu teria muito interesse em ler.

Pois bem, venho agora declarar abertamente que não compreendo totalmente a decisão do autor de resguardar pequenos segredos com relação a Rhiannon durante TODO DIA, somente para ter que reescrever a mesma história, do ponto de vista dela, e poder explicar esses detalhes.

Principalmente, não entendo porque ele dedicou tanta energia e tempo para reescrever a mesma história quando poderia estar trabalhando numa sequência.

Não que a história do ponto de vista de Rhiannon não seja interessante, mas infelizmente ao chegarmos mais ou menos a metade do segundo livro, recontando quase que página por página a mesma trama recentemente lida, (e não apenas uma trama qualquer, mas uma que gerou tamanho interesse e surpresa); OUTRO DIA empalidece consideravelmente.

Apesar de reconhecer durante minha resenha de TODO DIA que o contraponto dado à trama de A por  Rhiannone sua batalha para aprender a navegar as dificuldades de estar apaixonada por alguém que muda de cara e endereço todos os dias – tem seu valor não só na história, mas também na discussão filosófica gerada pela existência conflitante de A e todas as suas nuances; acho que na hora de torna-la personagem central e tentar dar a seus conflitos pessoais o mesmo peso, a coisa não funcionou.

Por mais interessante que seja o debate com relação a Rhiannon e seus desafios como heroína da história, não há como competir, do ponto de vista de um leitor que procura ser entretido por uma trama que consegue reconhecer em cada página, em detalhes; não justifica a leitura. 

Poucos são os tais detalhes, como mencionei anteriormente,  os tais segredos que são desvendados ao longo da leitura, que trazem nova luz sobre a personagem, algumas de suas reações e decisões ao longo da jornada. Tão poucos que facilmente poderiam/ (e na minha opinião) deveriam ter sido inclusos no livro original, nos poupando do mini/semi suspense gerado pela falta das informações.

Processed with VSCO with c1 preset

Além de não ser nada muito revolucionário, do ponto de vista da realidade da personagem, todos os pormenores de Rhiannon enfraquecem diante da realidade de A e seus desafios, que estão acontecendo simultaneamente e tem muito mais – MUITO MAIS – potencial para prender o leitor e gerar interesse do que Rhiannon jamais poderia ter.

Novamente, preciso dizer que como contraponto às divagações existenciais de A, os desafios emocionais e psicológicos de Rhiannon funcionam finamente, e complementam a discussão de forma muito rica. Mas quando colocados sob a luz do holofote, principalmente quando o autor ousa deixar A nas sombras como se fosse ele o personagem com a trama secundária (o que no caso é mesmo, pois a ideia do livro É contar a história sob a perspectiva de Rhiannon), acabou por me decepcionar.

Dito isso, bato novamente na tecla da sequência. A trama deixa óbvios espaços para uma sequência que promete muitas emoções, novos desafios para entender a existência impar de A e sua navegação pelo mundo. Mesmo assim, até onde sei, não há uma sequência sendo planejada para o futuro próximo. #VaiEntender?!

Minha opinião quanto ao livro original TODO DIA não mudou. Continuo intrigada pelo personagem central e fascinada pelos aspectos únicos de sua jornada. Até por isso se justifica minha vontade tamanha por uma sequência. Mas tenho que admitir que a leitura de OUTRO DIA não se justifica, aos meus olhos, e acho que apenas um ou dois parágrafos a mais durante alguns diálogos em TODO DIA seriam capazes de deixar totalmente obsoleto o tal “livro irmão”.

Valeu a leitura para conhecer um pouco mais a fundo a heroína Rhiannon, e nada mais.

Ps; Vem por ai um post especial da série LIVRO X FILME onde vou comparar os dois livros ao filme, que passou pelos cinemas brasileiros em Julho. 


Gostou da resenha? Já leu o livro? Quer dividir sua opinião? Fique à vontade!

Obrigada pela visita e se inscreva!

modeloassinatura


Alba já recrutou os amigos, e juntos eles vão viver intensas aventuras em nome da arte de escrever! E você está convidado!

Sinopse e primeiros capítulos aqui!

elencodossonhosminhalista

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s